Mais opções de pesquisa
Nós estamos olhando em mais de 100 lojas para sua melhor oferta - por favor espere…
- Custos de envio para Portugal (modificar Para DEU)
Criar uma predefinição

O Livro de (Clássicos da Literatura Portuguesa 52) (Portuguese Edition):
Compare todas as ofertas

9789898861351 - Cesário Verde: O Livro de Cesário Verde
1
Cesário Verde (?):

O Livro de Cesário Verde (2017) (?)

ISBN: 9789898861351 (?) ou 9898861355, língua desconhecida, Atlântico Press, Atlântico Press, Atlântico Press, Novo, ebook, download digital

in-stock
De vendedor/antiquário
José Joaquim Cesário Verde (1855 - 1886) foi o precursor da poesia moderna portuguesa. A sua obra regista o contraste cidade/campo, onde o sujeito poético deambula e testemunha a vida quotidiana em quadras simples cheias de beleza, rigor e originalidade. O Livro de Cesário Verde é uma coletânea de 36 poemas do autor modernista, editados em jornais e revistas, desde o "Diário de Notícias" (onde começou a publicar aos 18 anos), ao semanário "Branco e Negro" e as revistas "O Occidente" e "Renascença". Fernando Pessoa viria a chamar-lhe "O Mestre" e ecos da obra de Cesário Verde podem ser observados em diversos poemas do autor de "A Mensagem", sendo inclusive citado várias vezes por Alberto Caeiro e Bernardo Soares. Cesário Verde viveu apenas 31 anos de idade e, tal como Pessoa, tardou a ser reconhecido pelos seus contemporâneos. O Livro de Cesário Verde, de Cesário Verde, faz parte integrante da coleção Clássicos da Literatura Portuguesa, da editora Atlântico Press, uma publishing company, no mercado editorial desde 1992.
Número de ordem do vendedor: c4acf755-6d68-4b82-acff-d5221acb1216
Número de ordem de plataforma Kobobooks.de: 168709789898861351
Categoria: Drama
Palavras-chave: O Livro de Cesário Verde Cesário Verde Continental European Drama 9789898861351
Dados de 09/06/2017 11:50h
ISBN (notações alternativas): 989-8861-35-5, 978-989-8861-35-1
9789898861351 - Cesario Verde, Silva Pinto: O Livro de Cesário Verde
2
Cesario Verde, Silva Pinto (?):

O Livro de Cesário Verde (2017) (?)

Entrega de: Países Baixos

ISBN: 9789898861351 (?) ou 9898861355, língua desconhecida, Atlântico Press, Novo

3,49 + Frete: 3,45 = 6,94(sem obrigação)
Direct beschikbaar
bol.com
Eu, que sou feio, sólido, leal, A ti, que és bela, frágil, assustada, Quero estimar-te, sempre, recatada Numa existência honesta, de cristal. Sentado à mesa dum café devasso, Ao avistar-te, há pouco, fraca e loura, Nesta Babel tão velha e corruptora, Tive tenções de oferecer-te o braço. E, quando socorreste um miserável, Eu, que bebia cálices d’absinto, Mandei ir a garrafa, porque sinto Que me tornas prestante, bom, saudável. «Ela aí vem!» disse eu para os demais; E pus-me a olhar, vexado ... Eu, que sou feio, sólido, leal, A ti, que és bela, frágil, assustada, Quero estimar-te, sempre, recatada Numa existência honesta, de cristal. Sentado à mesa dum café devasso, Ao avistar-te, há pouco, fraca e loura, Nesta Babel tão velha e corruptora, Tive tenções de oferecer-te o braço. E, quando socorreste um miserável, Eu, que bebia cálices d’absinto, Mandei ir a garrafa, porque sinto Que me tornas prestante, bom, saudável. «Ela aí vem!» disse eu para os demais; E pus-me a olhar, vexado e suspirando, O teu corpo que pulsa, alegre e brando, Na frescura dos linhos matinais. Via-te pela porta envidraçada; E invejava, — talvez que não o suspeites! — Esse vestido simples, sem enfeites, Nessa cintura tenra, imaculada. Ia passando, a quatro, o patriarca. Triste eu saí. Doía-me a cabeça; Uma turba ruidosa, negra, espessa, Voltava das exéquias dum monarca. Adorável! Tu muito natural, Seguias, a pensar no teu bordado; Avultava, num largo arborizado, Uma estátua de rei num pedestal. Sorriam nos seus trens os titulares; E ao claro sol, guardava-te, no entanto, A tua boa mãe, que te ama tanto, Que não te morrerá sem te casares! Soberbo dia! Impunha-me respeito A limpidez do teu semblante grego; E uma família, um ninho de sossego, Desejava beijar sobre o teu peito. Com elegância e sem ostentação, Atravessavas branca, esbelta e fina, Uma chusma de padres de batina, E d’altos funcionários da nação. «Mas se a atropela o povo turbulento! Se fosse, por acaso, ali pisada!» De repente, paraste embaraçada Ao pé dum numeroso ajuntamento. E eu, que urdia estes fáceis esbocetos, Julguei ver, com a vista de poeta, Uma pombinha tímida e quieta Num bando ameaçador de corvos pretos. E foi, então, que eu, homem varonil, Quis dedicar-te a minha pobre vida, A ti, que és ténue, dócil, recolhida, Eu, que sou hábil, prático, viril. Título: O Livro de Cesário Verde Autor: Cesário Verde Data Original de Publicação: 1887 Data Publicação eBook: 2013 Capa: Ana Ferreira Imagem de Capa: Praia das Maçãs, de José Malhoa Revisão: Ricardo Lourenço ISBN: 978-989-8698-05-6Taal: pt;Formaat: ePub met kopieerbeveiliging (DRM) van Adobe;Verschijningsdatum: mei 2017;ISBN13: 9789898861351; Ebook | 2017
Comentário de vendedor bol.com:
Nieuw, Direct beschikbaar
Número de ordem de plataforma Bol.com: 9200000078633191
Categoria: Literatuur & Romans, Poëzie
Dados de 09/06/2017 11:50h
ISBN (notações alternativas): 989-8861-35-5, 978-989-8861-35-1
9789898861351 - Cesário Verde: O Livro de Cesário Verde (Clássicos da Literatura Portuguesa 52) (Portuguese Edition)
3
Cesário Verde (?):

O Livro de Cesário Verde (Clássicos da Literatura Portuguesa 52) (Portuguese Edition) (2017) (?)

ISBN: 9789898861351 (?) ou 9898861355, língua desconhecida, 171 páginas, Atlântico Press, Novo, ebook, download digital

ebook para download, Frete grátis.
De vendedor/antiquário
José Joaquim Cesário Verde (1855 - 1886) foi o precursor da poesia moderna portuguesa.A sua obra regista o contraste cidade/campo, onde o sujeito poético deambula e testemunha a vida quotidiana em quadras simples cheias de beleza, rigor e originalidade.O Livro de Cesário Verde é uma coletânea de 36 poemas do autor modernista, editados em jornais e revistas, desde o “Diário de Notícias” (onde começou a publicar aos 18 anos), ao semanário “Branco e Negro” e as revistas “O Occidente” e “Renascença”.Fernando Pessoa viria a chamar-lhe “O Mestre” e ecos da obra de Cesário Verde podem ser observados em diversos poemas do autor de “A Mensagem”, sendo inclusive citado várias vezes por Alberto Caeiro e Bernardo Soares.Cesário Verde viveu apenas 31 anos de idade e, tal como Pessoa, tardou a ser reconhecido pelos seus contemporâneos.O Livro de Cesário Verde, de Cesário Verde, faz parte integrante da coleção Clássicos da Literatura Portuguesa, da editora Atlântico Press, uma publishing company, no mercado editorial desde 1992. Kindle Edition, Formato: Kindle eBook, Rótulo: Atlântico Press, Atlântico Press, Grupo de produtos: eBooks, Publicado: 2017-05-10, Data de lançamento: 2017-05-10, Studio: Atlântico Press
Número de ordem de plataforma Amazon.de (Int.): B071Z2P92P
Palavras-chave: Aufsätze, Briefe & Korrespondenz, Bücher & Lesen, Comics, Dramatik, Erotik, Frauenromane, Geschichte & Kritik, Klassiker, Kurzgeschichten, Literarisch, Lyrik, Populäre Belletristik, Weltliteratur, Fremdsprachige Bücher, Kindle-Shop, Kindle eBooks, Fremdsprachige eBooks, Portugiesische eBooks
Dados de 09/06/2017 11:50h
ISBN (notações alternativas): 989-8861-35-5, 978-989-8861-35-1

9789898861351

Localizar todos os livros disponíveis para o seu número de ISBN 9789898861351 comparar preços rapidamente e facilmente e encomendar imediatamente.

Disponíveis livros raros, livros usados e livros de segunda mão do título "O Livro de (Clássicos da Literatura Portuguesa 52) (Portuguese Edition)" De Cesario Verde, Silva Pinto são completamente listados.

Livros nas proximidades

>> para arquivamento